domingo, 16 de março de 2014

O trabalho do Mestre Aleijadinho em Rio Pomba, MG.

 Detalhes importantes da história contribuem para identificar um povo e cada uma das pessoas que o integram.

Rio Pomba, MG,  ocupa um bom lugar entre  os povos que “cultivam a boa cultura”. Desde as nossas raízes, contamos com personagens de grande valor na política, nas artes, na cultura em geral.

Um documento publicado em um catálogo de uma exposição  de obras  do mestre mineiro Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, acontecida em Sorocaba, SP (uma cidade-mãe dos bandeirantes que desbravaram nossos sertões), traz  esta demonstração. Um belíssimo trabalho do Mosteiro de São Bento e do Museu  Arquidiocesano de Arte Sacra Comendador Luiz Almeida Marins.

 Ele mostra que, no Arquivo Público Mineiro ( Seção colonial ( Secretaria de Governo) - Códice SG 186 - Folhas 3,3 verso e 4)   se encontra a petição do Padre Manoel de Jesus Maria, Vigário ( e fundador) de Rio Pomba, requerendo autorização para realizar acréscimos na planta da Igreja Matriz do Mártir São Manoel, com parecer anexo, do arquiteto Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, em 1771...




Clique nas imagem para ampliá-las

Com toda certeza  esse fato é um motivo de muito orgulho e alegria.
Nossa gratidão aos historiadores que nos proporcionaram tão rico conhecimento.
Os detalhes da nossa História nos enriquecem e tecem a teia  que agasalha a nossa identidade





Nenhum comentário:

Postar um comentário