domingo, 15 de março de 2020

Adoração Perpétua



A providência divina nunca poderá deixar de surpreender os que a ela se acolhem.  Eis  aí uma fraqueza de Deus. Não pode conter o amor que devota às criaturas a quem insiste em ter como filhos. Nestes tempos tão difíceis, em que a capacidade de transcender é cada vez menor devido à quase automação da vida material, Ele providencia novas maneiras de estar com seus queridos, razão de os ter criado.

Hoje, domingo, devido à infestação do COVID 19, em muitos lugares não acontecem  as missas, momento em que os acontecimentos do Calvário se renovam de maneira supranatural, quando acontece a transubstanciação do pão e do vinho em corpo e sangue de Jesus Cristo, segunda pessoa do Deus Trino, Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem, que é servido como alimento aos seus filhos amados, como sustento e remédio para continuarem a viver, fortes e dignos, ainda que meio o ambiente lhes seja totalmente adverso.

"O amor de Cristo nos uniu", é uma frase dita em todas as missas, do mundo inteiro, uma vez que a Igreja fundada por Jesus Cristo é una, ou seja professa a mesma doutrina e pratica os mesmos ritos, com  palavras que têm o mesmo significado, em qualquer lugar do planeta Terra, e o será em qualquer planeta  de qualquer galáxia,  em  qualquer quadrante do universo.

Então, na impossibilidade dos filhos de Deus se reunirem para a refeição dominical na casa do Pai, foi criado uma espécie de  aplicativo em que Jesus Cristo, em corpo, sangue, alma e divindade, como se encontra no Santíssimo Sacramento da Eucaristia, pode ser adorado em qualquer lugar do planeta  que tenha acesso ao Youtube. 

Existem vários canais naquela plataforma que transmitem, ao vivo, imagens de onde o Santíssimo Sacramento está sendo adorado, 24horas por dia.

Entre eles, um se destaca. Mostra uma capela na Polônia que apresenta uma linda imagem de Nossa Senhora das Graças como ostensório, ou custódia, que  no lugar do seria o seu coração está uma grande hóstia consagrada, o corpo de Jesus Cristo, como é distribuído aos fiéis na comunhão, nas missas.

A tradução, pelo Google, do texto que acompanha  a transmissão diz que  a capela fica no mosteiro franciscano da cidade de Niepokalanów, e que seu  design foi inspirado nos escritos de São Maxiliano Kolbe (sacerdote polonês martirizado pelos nazistas), que teria escrito numa carta:  "Imagino uma bela figura da Virgem Imaculada em um grande altar, apresentando um enorme ostensório do Santíssimo Sacramento”.

A apresentação é lindíssima, e não há quem não se encante diante de tanta beleza e harmonia que transmitem paz, amor e alegria, sobretudo Paz; um trabalho  do estúdio Drapikowski de Gdańsk.

 No entanto, segundo o texto, o objetivo não era produzir algo de arte encantadora, mas "Seu principal objetivo, realizado com total determinação, era construir uma capela espiritual no coração das pessoas. Desde o início, a base do empreendimento era a oração, a oração abnegada oferecida pelo coração das pessoas. Especialmente os paroquianos da Ordem Imaculada, mas também o de pessoas de todo o país e até do mundo. O objetivo comum de buscar a paz no coração das pessoas uniu todos.”

Continua o texto:

"Foram coletadas intenções de todos os doadores, que foram cuidadosamente coletados, acondicionados em uma cassete de aço e colocados nos degraus do altar de adoração. Essas intenções, orações e ações de graça permanecerão aqui para sempre, como um sinal de fé das pessoas envolvidas neste empreendimento. É também o maior presente para as gerações que farão suas orações nesta capela. 

Por fim, a intenção foi orar por aqueles que orariam na capela. Como escreveu  São Maximiliano: "quem olha para a igreja, cai de joelhos, adora, olha para o rosto da Virgem Imaculada, vai embora, e ela e Jesus vão com ele”.

A essência da oração pela paz é a sua continuidade no mundo, independentemente do fuso horário, local e circunstâncias.  O objetivo da oração é fluir constantemente e mudar o coração das pessoas, para que elas sejam cheias de paz. 

O Senhor diz: Eu darei a você um novo coração e um novo espírito,  tirarei o seu coração de pedra e lhe darei um coração de carne. Eze 36.26.”

Então, os que se sentem pequeninos e fracos e sabem  que precisam de Deus, podem estar com Ele de forma um pouco mais forte do que espiritualmente. Mais ou menos como na situação de quem precisa, falar tempo que quiser pelo smartphone com quem lhe compreende, lhe acalma e conforta, só porque ama você. 

Se não podemos ir à igreja, nos encontrar com Ele, nos refazer e renovar, Ele vem até nós. Ele pode, Ele é Deus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário