quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Maravilhosa Loucura





         Quem pode ir mais além do que Deus? Quem, mais que a ressonância magnética, pode escanear o coração humano, perceber e interpretar cada movimento, cada sentimento, e, ao mesmo tempo, ter uma visão total dessa pessoa como um único e precioso ser, e amá-lo como só um Deus pode amar?
        

Só um Deus é capaz de, por uns tempos, se tornar uma criatura e ao mesmo tempo continuar sendo Deus. Fazer isso para ensinar - demonstrando com o próprio exemplo - a cada indivíduo dessa espécie como otimizar a sua existência, ser totalmente feliz e realizado, e por conseqüência, ser causador da felicidade alheia.
        

 Pigmaleão foi capaz de se apaixonar pela sua criatura. Mas só Deus pode inventar um jeito de estar sempre com ela, dando vazão à sua paixão de corpo e alma! Esse jeito é a Eucaristia. 

A festa da Santíssima Trindade, e a proximidade de Corpus Christi, faz-me ver o imenso tesouro pelo qual devo manifestar ao meu Deus Uno e Trino toda a minha alegria e toda ação de graça. Ninguém pode roubar o nosso tesouro! Tesouro genuíno, verdadeiro, cujo valor criatura alguma pode contestar: a confiança no Sagrado Coração, do Deus que se fez homem.          

Mesmo neste tempo de confusão e erro, quando temos todos os motivospara estarmos apavorados, a inefável Presença Divina se faz tão maravilhosamente presente, embora muitos de nós ainda não sejamos capazes de percebê-la. Isso porque os corações andam sintonizados em estações que enfatizam tantos cuidados com o corpo e se esquecem de que temos alma! Só a alma pode perceber a inefabilidade do amor de Deus. Ela é a antena capaz de nos dar a sintonia com esse Deus. Muitos hoje estão com as antenas danificadas, devido à falta de manutenção, e por isso não conseguem sintonizar Deus, acabam pensando que Ele não existe. . .
      
Hoje, em tecnologia, estamos onde não pensaríamos estar, de tão longe! Mas em termos de civilização estamos mais ou menos como nos tempos de Henrique VIII e São Tomás Morus, quando a promiscuidade entre o religioso e político produzia a degeneração das consciências e consequentemente a dos costumes. Alguns que se consideram muito evoluídos, estão na verdade tendo um uma vida muito próxima à vivida pela maioria das pessoas na idade média. A inatividade do espírito - semimorto - e a falta de paradigmas consistentes os obriga a viver guiados pelos próprios instintos e compulsões, como bárbaros, apesar de possuírem grandes conhecimentos em outras áreas.
    
 Mesmo em um mundo assim, cheio de barbaridades, os devotos do Coração de Jesus, especialmente aqui em Rio Pomba, conseguem viver incólumes. É um milagre! Sintonizados com a Verdade, não se deixam levar pelas mentiras que de hora em hora se alternam, cada uma mais dolorosa e com maior pretensão de ser verdade. Os devotos do Coração de Jesus levam a sério a fé que receberam dos antepassados. Conhecem como ninguém, fatos ocorridos, incontestáveis, contados por familiares ou vividos pessoalmente que comprovam como o Coração de Jesus os ama e se interessa por eles. Quer prova maior do que a Lola?
   
  Por isso, volta e meia, em algum lugar de Rio Pomba, tem alguém contando uma graça que alcançou do “Coração de Jesus da Lola”, deduzindo as suas maravilhas, comprovando e agradecendo os exemplos dos que nos antecederam, nas famílias e na fé!
      
 Sempre se ouve comentários das últimas vitórias alcançadas, contadas tão alegremente por Myriam e Severino Vieira: - Lola agora tem o título de Serva de Deus! Sua causa foi aceita prontamente pelo Vaticano! Dois livros divulgando as prerrogativas de nossa conterrânea foram publicados; por elas, esperamos cheios de confiança, que se fique comprovado: Lola chegou ao mais alto lugar que um ser humano pode chegar: à santidade! Logo, logo teremos o nosso livro, escrito pelo historiador de Rio Pomba, Roberto Nogueira.
    
 Uma inexplicável alegria move, de maneira consistente, os devotos do Coração de Jesus. Quem quiser comprovar, observe os semblantes do casal Vieira: alguém já viu alegria mais serena e espontânea? Essa é a moeda com a qual o Coração Jesus paga aqueles que se dispõem a ostentar Sua bandeira. Mesmo quando, às vezes, parece se estar no meio da torcida errada. . . -“Digo-vos, todo o que me reconhecer diante dos homens, também o Filho do homem o reconhecerá diante dos anjos de Deus.” – Luc.11,8 –
    
 Podemos e devemos dar vazão à nossa alegria. Temos muitos motivos para manifestá-la. Principalmente neste mês de junho, o mês do Coração de Jesus! Façamos a novena com toda a devoção, para que Ele conceda, a cada rio-pombense e seus descendentes - onde quer que estejam – o que sempre concedeu à Lola: a antena da alma cada vez mais possante, capaz de perceber todas as verdades pelas quais somos alvos do ansioso Amor do Deus Todo Poderoso, que foi capaz de, por causa de cada um de nós em particular, cometer a loucura da Eucaristia. Ele pode, Ele é Deus!


giselle neves moreira de aguiar,
Festa da Santíssima Trindade de 2006
Publicado no Jornal "O Imparcial " na mesma data.


                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário