domingo, 28 de junho de 2015

São Pedro





Depois disso, tornou Jesus a manifestar-se aos seus discípulos junto ao lago de Tiberíades. Manifestou-se deste modo:

Estavam juntos Simão Pedro, Tomé (chamado Dídimo), Natanael (que era de Caná da Galiléia), os filhos de Zebedeu e outros dois dos seus discípulos.

Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Responderam-lhe eles: Também nós vamos contigo. Partiram e entraram na barca. Naquela noite, porém, nada apanharam.

Chegada a manhã, Jesus estava na praia. Todavia, os discípulos não o reconheceram.
Perguntou-lhes Jesus: Amigos, não tendes acaso alguma coisa para comer? Não, responderam-lhe.

Disse-lhes ele: Lançai a rede ao lado direito da barca e achareis. Lançaram-na, e já não podiam arrastá-la por causa da grande quantidade de peixes.

Então aquele discípulo, que Jesus amava, disse a Pedro: É o Senhor! Quando Simão Pedro ouviu dizer que era o Senhor, cingiu-se com a túnica (porque estava nu) e lançou-se às águas.

Os outros discípulos vieram na barca, arrastando a rede dos peixes (pois não estavam longe da terra, senão cerca de duzentos côvados).

Ao saltarem em terra, viram umas brasas preparadas e um peixe em cima delas, e pão.
Disse-lhes Jesus: Trazei aqui alguns dos peixes que agora apanhastes.

Subiu Simão Pedro e puxou a rede para a terra, cheia de cento e cinqüenta e três peixes grandes. Apesar de serem tantos, a rede não se rompeu.

Disse-lhes Jesus: Vinde, comei. Nenhum dos discípulos ousou perguntar-lhe: Quem és tu?, pois bem sabiam que era o Senhor.

Jesus aproximou-se, tomou o pão e lhos deu, e do mesmo modo o peixe.

Era esta já a terceira vez que Jesus se manifestava aos seus discípulos, depois de ter ressuscitado.

Tendo eles comido, Jesus perguntou a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes? Respondeu ele: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta os meus cordeiros.

Perguntou-lhe outra vez: Simão, filho de João, amas-me? Respondeu-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta os meus cordeiros.

Perguntou-lhe pela terceira vez: Simão, filho de João, amas-me? Pedro entristeceu-se porque lhe perguntou pela terceira vez: Amas-me?, e respondeu-lhe: Senhor, sabes tudo, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta as minhas ovelhas. 

Em verdade, em verdade te digo: quando eras mais moço, cingias-te e andavas aonde querias. Mas, quando fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá e te levará para onde não queres.
Por estas palavras, ele indicava o gênero de morte com que havia de glorificar a Deus. E depois de assim ter falado, acrescentou: Segue-me! - João 21, 1- 19 -




E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
 Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.


terça-feira, 23 de junho de 2015

5- Derramarei copiosas bênçãos sobre todas as suas empresas.


As 12 promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo aos devotos de Seu Sacratíssimo Coração, feitas à Santa Margarida Maria Alacoque e base onde está sustentada toda a espiritualidade de Lola, a Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus.




1- Eu darei aos devotos do meu Sagrado Coração todas as graças necessárias ao seu estado.

2- Trarei e conservarei a paz em suas famílias

3- Eu os consolarei em todas as suas aflições.

4- Serei seu refúgio seguro durante a vida e, sobretudo, na hora da morte.

5- Derramarei copiosas bênçãos sobre todas as suas empresas.

6- Os pecadores acharão em meu Coração a fonte e o oceano infinito da misericórdia.

7- As almas tíbias se tornarão fervorosas.

8- As almas fervorosas se elevarão em pouco tempo, a uma alta perfeição.

9- Abençoarei as casas em que se achar exposta e venerada a imagem do meu Sagrado Coração.

10-Darei aos sacerdotes o dom de tocar os corações mais endurecidos.

11- As pessoas que propagarem esta devoção terão seus nomes escritos para sempre no Meu Coração.

12- O amor todo poderoso do Meus Coração concederá a todos os que por nove meses seguidos comungarem na primeira sexta-feira  a graça  da perseverança final e da salvação eterna.

Sobre a  Lola, a Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus segundo a Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus, a Lola.
Livreto para download .

segunda-feira, 15 de junho de 2015

A Mãe Igreja ensina a rezar


A Mãe Igreja ensina seus filhos a rezar.
Todos os dias.
Saber perceber a Presença dEle,  conversar com o
o Deus Todo-Poderoso, e descobrir que Ele é também o
Pai-Todo-Amoroso, consiste  a sabedoria e, a consequente dela, 
felicidade humana.



Ó Deus, força daqueles que esperam em vós, 
sede favorável ao nosso apelo e, 
como nada podemos em nossa fraqueza, 
dai-nos sempre o socorro da vossa graça, 
para que possamos querer e agir conforme vossa vontade, 
seguindo os vossos mandamentos. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
- Oração da Missa do dia -

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Dia do Sagrado Coração de Jesus


 … a infinita diversidade da sabedoria divina, de acordo com o desígnio eterno que Deus realizou em Jesus Cristo, nosso Senhor. Pela fé que nele depositamos, temos plena confiança de aproximar-nos junto de Deus. 

Por esta causa dobro os joelhos em presença do Pai, ao qual deve a sua existência toda família no céu e na terra, para que vos conceda, segundo seu glorioso tesouro, que sejais poderosamente robustecidos pelo seu Espírito em vista do crescimento do vosso homem interior.

Que Cristo habite pela fé em vossos corações, arraigados e consolidados na caridade,
 a fim de que possais, com todos os cristãos, compreender qual seja a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, isto é, conhecer a caridade de Cristo, que desafia todo o conhecimento, e sejais cheios de toda a plenitude de Deus.   ( São Paulo aos Efésios 3, 10-12. 14-19)

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Sagrado Coração de Jesus

“Porque desconfiarias de mim que sou o Senhor Todo-Poderoso e todo benfazejo?

Não posso eu fazer o que faz um amigo na terra, quando reveste o amigo dos seus próprios ornamentos para fazê-lo aparecer com a mesma pompa com que brilha ele próprio?”


Palavras de Jesus à Santa Gertrudes -  Tiradas do livro “Amor Paz e Alegria”editado e distribuído gratuitamente pela Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus, a Lola -

sexta-feira, 5 de junho de 2015

4- Serei seu refúgio seguro durante a vida e, sobretudo, na hora da morte.





As 12 promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo aos devotos de Seu Sacratíssimo Coração, feitas à Santa Margarida Maria Alacoque e base onde está sustentada toda a espiritualidade de Lola, a Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus.


1- Eu darei aos devotos do meu Sagrado Coração todas as graças necessárias ao seu estado.

2- Trarei e conservarei a paz em suas famílias

3- Eu os consolarei em todas as suas aflições.

4- Serei seu refúgio seguro durante a vida e, sobretudo, na hora da morte.

5- Derramarei copiosas bênçãos sobre todas as suas empresas.

6- Os pecadores acharão em meu Coração a fonte e o oceano infinito da misericórdia.

7- As almas tíbias se tornarão fervorosas.

8- As almas fervorosas se elevarão em pouco tempo, a uma alta perfeição.

9- Abençoarei as casas em que se achar exposta e venerada a imagem do meu Sagrado Coração.

10-Darei aos sacerdotes o dom de tocar os corações mais endurecidos.

11- As pessoas que propagarem esta devoção terão seus nomes escritos para sempre no Meu Coração.

12- O amor todo poderoso do Meus Coração concederá a todos os que por nove meses seguidos comungarem na primeira sexta-feira  a graça  da perseverança final e da salvação eterna.

Sobre a  Lola, a Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus segundo a Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus, a Lola.
Livreto para download gratis.

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Solenidade de Corpus Christi

Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo – Mt 28,20 –
Abandono em Ti, Senhor, as minhas preocupações para que possa viver e admirar as maravilhas da Tua Lei. Tu conheces a minha ignorância e a minha fraqueza; ensina-me e fortalece-me .

A aquele que é teu unigênito, em quem se encontram escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência, redimiu-me com o seu sangue .


Que não me caluniem os soberbos, porque eu conheço bem qual p preço do meu resgate: a Sua Carne e o Seu Sangue, que eu como e bebo, (e que distribuo), e dos quais minha pobreza deseja saciar-se juntamente com os que têm fome e se saciam, os que louvam o Senhor, os que o buscam.  – Santo Agostinho, em As Confissões